Petrobras oferta vagas para jovem aprendiz em todo o Brasil


Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil


Fortaleza é um dos municípios contemplados pelo programa da estatal

Começam hoje, dia 18 de Abril, as inscriçoes para a nova edição do Programa Petrobras Jovem Aprendiz (PPJA), que tem como objetivos a capacitação e qualificação profissional de jovens, visando sua inserção direta no mercado de trabalho.

Ao todo, a estatal está ofertando 734 vagas distribuídas por 14 municípios do Brasil e também no Distrito Federal. De acordo com a Petrobras, além das vagas que já eram reservadas normalmente para Pessoas Com Deficiência (PCDs) e adolescentes provenientes de situação de trabalho infantil, o programa dedicará uma cota de 15% das vagas para jovens em circunstância institucional de moradia  como abrigos, casas-lares, casas de passagem e residências inclusivas. 

Segundo informou Juliano Mesquita Loureiro, gerente executivo de Recursos Humanos da Petrobras, em nota ao site Agência Brasil, o objetivo do programa é "promover a inclusão social dos aprendizes por meio de qualificação profissional e contribuir para sua inserção no mercado de trabalho".




Vagas para Fortaleza no Programa para Jovem Aprendiz da Petrobras


Para o município de Fortaleza, o programa disponibilizou 11 vagas. Os jovens aprendizes serão contemplados com aulas de capacitação desenvolvendo atividades de prática profissional que o PPJA proporcionará em parceria com o SENAI, e também farão visitas técnicas às instalações da Petrobras. O curso direcionado para o programa da Petrobras é o de Assistente de Logística, ministrado na sede do SENAI em Fortaleza. 


LEIA TAMBÉM

Como se inscrever no Programa Petrobras Jovem Aprendiz


A seleção para o PPJA segue alguns critérios que os candidatos devem observar. Os candidatos devem ter no mínimo 14 anos e no máximo 22 anos e três meses completos para ingressar no programa (não se aplicando esse limite de idade às pessoas portadoras de deficiência), estar cursando a escola a partir do 7º ano do ensino fundamental ou ter concluído o ensino médio (de acordo com a exigência do curso selecionado) e outros critérios a mais, estabelecido no edital.

Os candidatos que forem aprovados nos requisitos exigidos terão uma jornada de trabalho de meio período (4 horas diárias) de segunda à sexta feira durante 20 meses de aprendizagem. A remuneração tem o valor de 1 salário mínimo e o aprendiz também terá outros direitos trabalhistas contemplados, incuindo o 13º salário, previdência complementar opcional, vale-transporte e férias. Este contrato especial para aprendiz será registrado na Carteira de Trabalho e Previdência Social pela própria Petrobrás.

Para se inscrever acesse a página de inscrição do Projeto Petrobras Jovem Aprendiz. As inscrições se encerram na próxima sexta-feira, dia 22 de abril.



 


Postagem Anterior Próxima Postagem