A diferença entre chefe e líder nas organizações.



Chefe tradicional x Líder Motivador


Uma das situações mais frustrantes no ambiente de trabalho é ter que lidar com pessoas que ocupam cargos de chefia e parecem totalmente desconectadas do seu grupo de trabalho e alheias aos reais problemas e desafios das equipes subordinadas. 

O chefe parece estar preocupado somente que façam as tarefas para ele, enquanto ele permanece distante dos colaboradores da organização unicamente cobrando os resultados. Isso é um cenário terrível e desfavorável que acaba por sufocar o potencial de entrega de todos os envolvidos na tarefas do trabalho.

Na contramão dessa situação, sempre é lembrado a figura do líder, aquele profissional que além de dominar habilidades técnicas próprias do trabalho, domina também habilidades interpessoais e se apresenta mais próximo dos colaboradores, motivando e inspirando os pontos fortes de cada um.

Atualmente, já é consenso a ideia que somente ocupar a posição de superioridade e comando nas organizações é insuficiente para a conquista de resultados eficientes e efetivos junto com os colaboradores. 

Além de simplesmente chefiar (em outras palavras, mandar nas pessoas) o profissional de perfil moderno precisa inspirar e transmitir confiança para os demais que estão sob sua responsabilidade.


Então, não é mais suficiente ser apenas o chefe com perfil tradicional, também é cobrado dos profissionais de chefia as qualidades de liderança. Esse é o perfil desejado pela maioria das empresas hoje em dia. 


A palavra "chefe" adquiriu certa carga negativa, sendo frequentemente empregada como sinônimo de intransigência, autoritarismo e centralização de poder. Neste artigo, você conhecerá as principais características e o que diferencia as figura de chefe e e de líder nas organizações de hoje.



Características Do Chefe


O chefe é muito exigente em relação aos prazos e produtividade e muitas vezes não orienta seus colaboradores, tomando a proatividade como dever dos subordinados.

Diante das falhas dos colaboradores, o chefe repreende, quase sempre se desvinculando das decisões tomadas por quem cometeu uma falha.

Não compartilha a responsabilidade do erro. É centralizador e toma para si todo o sucesso da empresa.

O chefe dificilmente oferece elogios ou qualquer feedback, pois permanece distante do colaborador.

Não realiza avaliações, pois não tem uma boa comunicação com a equipe, a qual acontece somente para requisitar resultados e aplicar advertências.



Caraterística do Líder



Antes de tudo, o líder saber que o envolvimento de todos na organização é fundamental para os resultados da organização.

Assim, é muito participativo ao trabalhar em equipe e ao distribuir funções entre todos os envolvidos.

Sua caraterística mais marcante é saber motivar e incentivar as pessoas. O líder apontas as falhas e ensina como conserta-las.

O líder não expõe seus colaboradores. Ele busca estabelecer canais de comunicação com as pessoas e tenta entender as ideias de cada um que o procura para discussão das tomadas de decisão.

Esse perfil de profissional sempre vai ser mais produtivo e benéfico para a empresa. A sua abordagem democrática e motivadora demonstra grande desempenho nos indicadores de produtividade.



Liderança de Qualidade



O líder além de motivar sua equipe, deve conhecer os indivíduos de sua equipe muito bem para que possa delegar as tarefas mais adequadas de acordo com o perfil de cada colaborador.

No decorrer da sua liderança, ele deve conduzir a equipe combinando características do modelo tradicional do chefe com a visão mais abrangente da liderança moderna. O líder precisa manter a autoridade sem atropelar o funcionário a ponto de causar desconforto constante na equipe de trabalho.

O profissional com perfil de liderança entende que o funcionário agora deve ser visto como parceiro e colaborador, não mais como um mero subordinado.

As empresas investem muito em seleção e treinamento dos funcionários para entregar esse ativo na mão de um chefe incapaz de reconhecer a qualidade dos profissionais que tem a sua disposição...

Nesse caso, a ideia é: evitar que os colaboradores se desmotivem, abandonem a equipe, um novo processo de seleção tenha que ser iniciado e em pouco tempo tudo tenha que ser refeito novamente. Tudo isso devido a uma chefia autoritária. O líder tem a equipe de trabalho mais próxima e pronta para superar os desafios de mercado altamente competitivo de hoje.

Os líderes demonstram grande capacidade de compreensão e comunicação com os funcionários. Isso é um fator de segurança tanto para o líder como para a equipe, pois o constante feedback torna todos cientes sobre o status de etapas dos processos, evitando ruídos de comunicação e prejuízo de tempo.

Fazer a devida diferenciação entre chefia e liderança é fundamental no processo de adequação das empresas no novo paradigma profissional do século XXI.







Postagem Anterior Próxima Postagem